Movimentos internacionais convocam ato contra o neoliberalismo, o poder corporativo e pela democracia

Os movimentos e organizações que compõe a Jornada Continental pela Democracia e contra o Neoliberalismo e a Campanha Global contra o poder das corporações convocaram o ato político “Resistências dos povos contra o neoliberalismo, o poder corporativo, e pela democracia” que acontecerá na próxima terça-feira, 22 de agosto, no auditório da Apeoesp (Praça da República, 282) às 19h. O ato faz parte do processo de mobilização dos movimentos sociais do Brasil para o Encontro Continental da Jornada Continental que acontecerá entre os dias 16 e 18 de novembro em Montevidéu – Uruguai e reunirá mais de três mil pessoas de diversas organizações dos países da região.

“Um dos principais pontos de nossa agenda de ação e mobilização se manifesta na luta contra o domínio do mercado sobre nossas vidas, o rechaço ao livre comércio e o alto poder das transnacionais”, afirma a convocatória.

Entre os movimentos que estarão presentes estão Via Campesina, Jubileu Sul Américas, ATALC, Confederação Sindical das Américas – CSA, Marcha Mundial das Mulheres, CUT, MAB, MTST, Espaço Sem Fronteiras entre outros.

A atividade pública tem por objetivo dar visibilidade aos temas das transnacionais e aos impactos sociais e ambientais que elas têm provocado no Brasil e região.

Jornada Continental pela Democracia e contra o Neoliberalismo
Campanha Global Para desmantelar o Poder Corporativo e parar a Impunidade

O que: Ato público “Resistências dos povos contra o neoliberalismo, o poder corporativo, e pela democracia”
Quando: 22 de agosto, às 19h
Onde: auditório da Apeoesp, Praça da República, 282

A seguir

25 de Julho - Mulheres se organizam em ações contra todos os tipos de violência

25 de Julho - Mulheres se organizam em ações contra todos os tipos de violência