Rumo ao Brasil que queremos: o Bem Viver dos povos

A 6ª Semana Social Brasileira realiza no dia 23 de outubro de 2021, das 9h às 17h o Seminário “O Brasil que queremos: o bem viver dos povos”

Arte divulgação 6ª SSB

Por Osnilda Lima | Assessoria de Comunicação da 6ª SSB

A 6ª Semana Social Brasileira, mobilizada pela Comissão Episcopal Pastoral para a Ação Sociotransformadora da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), em ação coletiva com seus Organismos, Pastorais Sociais e Movimentos Sociais que atuam no campo da Terra, Teto/Moradia e Trabalho, realiza no dia 23 de outubro, das 9h às 17h, o Seminário Nacional O Brasil que queremos: o bem viver dos povos.

Este seminário será o ponto inflexão, pois traz todo o acumulado dos Mutirões pela Vida: Por Terra, Teto e Trabalho realizados em todo o país, nos diferentes territórios, desde 2020 até aqui. Também, será tomado com referência, o acrescido do processo histórico dos 30 anos das Semanas Sociais Brasileiras. Então, a partir dessa construção coletiva, ao fim do encontro, após analises, escutas, partilhas e debates será lançado o Projeto Popular – O Brasil que queremos: o bem viver dos povos.

Para a participação do Seminário, as inscrições já estão abertas. Em carta/convite enviada pela secretaria executiva da 6ª SSB o chamamento é: “Para esperançar com a gente, convidamos todas as pessoas comprometidas com a democracia deste país. Gente do campo, da cidade, das igrejas, dos movimentos sociais, das associações, das coordenações da 6ªSSB nos Regionais da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), estudantes e lideranças comunitárias, eclesiais, sociais e políticas”.

Acompanhe a íntegra da Carta, aqui.

Dom José Valdeci dos Santos Mendes, bispo de Brejo (MA) e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Ação Sociotransformadora da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), tem um recado para você.

Alessandra Miranda, secretária executiva da 6ª Semana Social Brasileira, convida você a participar do Seminário da 6ª Semana Social Brasileira.

Faça sua inscrição para o Seminário, clique aqui

“Esta tempestade vai acabar e suas sérias consequências já estão sendo sentidas. Vocês não são uns improvisados, têm a cultura, a metodologia, mas principalmente a sabedoria que é amassada com o fermento de sentir a dor do outro como sua. Quero que pensemos no projeto de desenvolvimento humano integral que ansiamos, focado no protagonismo dos Povos em toda a sua diversidade e no acesso universal aos três T’s que vocês defendem: terra e comida, teto e trabalho”, papa Francisco.

A seguir

Para esconder o caos em seu governo, Bolsonaro mente

Para esconder o caos em seu governo, Bolsonaro mente