Coletivo de Mulheres do Jubileu Sul lança série de vídeos

O Coletivo de Mulheres da Rede Jubileu Sul Brasil lançou neste 1º de março (segunda-feira) a série de vídeos Nós, mulheres, na defesa e na luta por direitos, que são resultado de uma oficina sobre a importância das tecnologias de informação e comunicação (TICs) para o empoderamento feminino. O lançamento teve transmissão ao vivo no Facebook e no YouTube da Rede.

Os sete vídeos foram produzidos pelas próprias mulheres ao longo do processo de aprendizado na oficina sobre TICs, realizada entre setembro e novembro de 2020 com participantes de diferentes organizações de todas as regiões do país. A cada dia, entre 1º até 7º de março, um vídeo inédito será exibido nas redes do Jubileu Sul Brasil, marcando as atividades em torno do 8 de março, Dia Internacional da Mulher.  

Os temas dos vídeos são papel da segurança pública na questão da violência contra a mulher, divisão justa do trabalho doméstico, crise sanitária e atendimento à saúde da mulher, solidariedade e transformação do cotidiano, agroecologia, plantas medicinais e autocuidado.

Comunicação e empoderamento

A oficina surgiu de uma demanda do próprio Coletivo de Mulheres, e o Jubileu Sul Brasil promoveu a formação à distância em meio à pandemia.

Para a Rede, além da relevância das TICs para o empoderamento feminino, fomentar o uso da comunicação como ferramenta estratégica incentiva a autonomia, permite que as mulheres possam produzir informação sobre as violências vividas e também que possam divulgar ações de suas comunidades, denúncias e incidência nos territórios. 

Como várias das participantes relataram em entrevista ao Jubileu Sul Brasil, o aprendizado vem sendo colocado em prática e multiplicado para outras mulheres, seja na militância ou em outras ações do cotidiano.

Assistam os vídeos na nosso canal do You Tube youtube.com/user/jubileusulbrasil

A seguir

24 de fevereiro: Conquista do voto feminino no Brasil completa 89 anos

24 de fevereiro: Conquista do voto feminino no Brasil completa 89 anos