Jubileu Sul promove Semana de Ação Global contra a Dívida

Entre os dias 10 e 17 de outubro, a Rede Jubileu Sul promove a Semana de Ação Global Contra a Dívida e as Instituições Financeiras Internacionais (IFIs), mobilização internacional que reivindica a anulação, cancelamento e o não pagamento das dívidas. Com uma série de atividades programadas, a semana ocorre em contraponto às deliberações do Fundo Monetário Internacional (FMI) e do Banco Mundial, que se reúnem entre os dias 12 e 18 deste mês.

O objetivo da Rede Jubileu Sul e de suas organizações membro é chamar atenção para as nefastas políticas do FMI e do BID, aproveitando o período de reunião de outubro, e pavimentar o caminho para um movimento global contra a dívida revitalizado, crescente e ampliando a capacidade de enfrentamento. Por isso, a programação tem os povos e a natureza como protagonistas, com realização de seminários e debates virtuais nos territórios, e protestos nas ruas em algumas localidades organizados de forma a garantir a segurança devido ao coronavírus. 

Para a Rede, com as múltiplas crises causadas pela pandemia de COVID-19, o aprofundamento da recessão econômica e a emergência climática ressaltam a urgência de aumentar a pressão e a mobilização na luta pelo cancelamento da dívida, denunciando que esse modelo de endividamento imposto pelas IFIs é insustentável e as dívidas ilegítimas.

Os movimentos engajados na Semana de Ação Global divulgaram uma carta aberta aos governos, instituições internacionais e credores, que a Rede incentiva que as organizações assinem acessando https://forms.gle/ZA3aMNxb61M2UifF9. A carta aponta que o Sul Global gasta mais de 300 bilhões de dólares em pagamento da dívida externa pública a credores bilaterais e multilaterais, como o BID e o FMI, além de bancos privados, especuladores e investidores.

“Este é um dinheiro de vital importância para o investimento público em saúde, fundamental para lutar contra a Covid-19, a assistência econômica e estrutural às pessoas afetadas, vulneráveis ​​e marginalizadas, famílias e comunidades e a construção de economias que gerem sistemas mais justos , equitativos, resilientes ao clima e sustentáveis”, destaca o documento.

Programação de atividades*

Dia 10
Abordando a dívida com as mulheres, o Centro Dandara realiza em São José dos Campos, das 10h às 12h, a Exposição 16 Penhas: Controle Social | Pela Vida das Mulheres!, na Praça Afonso Pena, antiga Câmara Municipal. A exposição ocorre em parceria com o Instituto Lélia Gonzalez e Coletivo de Juristas Feministas.

Dia 12
Entrega virtual do chamamento aos governos, instituições internacionais e credores. Ação articulada nas redes sociais com o Grito dos Excluídos continental.

Dia 13
Endividamento, história de lutas e propostas alternativas para países da América Latina e Caribe
é um estudo realizado pelo Jubileu Sul/Américas que será debatido neste 13 de outubro pelo autor, o economista Helder Gomes, doutor em Política Social. A atividade é às 16h, com transmissão ao vivo pela página do Jubileo Sur/Américas e tradução simultânea ao português acessando o link no Zoom.

Dia 14

Articulação nas redes sociais, com repúdio e renúncia de ministros da Fazenda e de dirigentes de Bancos Centrais dos países do G-20, além de ações em memória e homenagem ao líder africano Thomas Sankara, presidente de Burkina Faso que foi assassinato em 15 de outubro de 1987. Sankara se recusava a submeter seu país aos empréstimos do FMI e BID.

17h – Debate virtual Territórios Saqueados pelas Dívidas e a Rebeldia das Mulheres, realizado pelo do Instituto PACS no Rio de Janeiro, como parte da programação do ciclo de “Mulheres Territórios de Luta”. Ao vivo no canal do PACS no YouTube.

Dia 15
10h
– Realização da Assembleia dos Povos Credores do Sul: somos os verdadeiros credores, a partir das 10h, com a participação de representantes do Brasil, Argentina, Chile e Colômbia, países do Cone Sul afetados pelo BID, além de lideranças da América Central e Caribe.

A assembleia terá apresentação de casos e visa reafirmar que os povos e a natureza do sul global não são devedores, mas sim os credores das dívidas históricas, sociais e ecológicas. Com tradução simultânea pelo Zoom fazendo inscrição pelo link https://us02web.zoom.us/webinar/register/WN_XMn_-Hk4S3-N6c_yoDNE3g, a transmissão ao vivo será pela página do Jubileo Sur/Américas.

19h – Debate virtual A vida acima da dívida: quais os impactos no nosso dia a dia?. Participação de lideranças de comunidades de Fortaleza (CE) e da secretária executiva da organização, Rosilene Wansetto (saiba mais.)

A facilitadora será Magnólia Said, advogada e técnica do ESPLAR – Centro de Pesquisa e Assessoria. A transmissão ao vivo é pela página do Jubileu Sul Brasil.

19h – Debate virtual Desmonte da política ambiental e a dívida climática. Iniciativa da Associação de Favelas de São José dos Campos, a discussão vai abordar o desmonte da política socioambiental, dívida e racismo ambiental. Acompanhe ao vivo pelo canal do Jubileu Sul Brasil no YouTube.

Dia 16
Ação nas redes sociais por soberania alimentar no Dia Mundial da Alimentação.

16h às 18h30 – Debate virtual Territórios Atingidos por Megaprojetos: denúncias e apoio jurídico popular, de iniciativa do Instituto PACS, do Rio de Janeiro.

A atividade visa criar espaço de diálogo entre os grupos atingidos por meprojetos e operadores de direito a respeito de denúncias e estratégias de ação coletiva, entre outras iniciativas que possam incidir sobre o campo jurídico. Transmissão ao vivo no canal do PACS no YouTube.

17h às 20h – A Associação de Favelas de São José dos Campos promove exibição de vídeos e realiza reunião de discussão no Terminal Central (rodoviária velha – R. Claudino Pinto – Centro) refletindo sobre os 22 anos do projeto Desfavelização.

A reunião vai debater as consequências da implantação do projeto nas comunidades da cidade.

Dia 17
Ação nas redes sociais e encerramento da Semana de Ação Global. Na data, as militantes do Centro Dandara novamente vão às ruas em São José dos Campos, das 10h às 12h, na Praça Afonso Pena, antiga Câmara Municipal, para a Exposição 16 Penhas: Controle Social | Pela Vida das Mulheres!

*Programação sujeito a alterações

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

A seguir

As dívidas do Estado brasileiro com as crianças atingidas por empreendimentos e megaprojetos

As dívidas do Estado brasileiro com as crianças atingidas por empreendimentos e megaprojetos