ENTREVISTA: “O Estado brasileiro é um Estado laico, até a página dois”, afirma educadora popular

Para encerrar o Especial Religiões, o Brasil de Fato RS conversou com a economista e educadora popular Sandra Quintela. A alagoana integra o Grito dos Excluidxs, a 6ª Semana Social Brasileira e a coordenação da rede Jubileu Sul. A rede lançou recentemente o caderno de estudo nº7 para debater a relação entre religião e política.

Fórum de Mudanças Climáticas faz alerta sobre avanço da desertificação

A desertificação avança sobre todos os sete biomas brasileiros. É o que apontam os participantes Encontro Nacional “Mudanças Climáticas e Processos de Desertificação nos Biomas do Brasil”, promovido pelo Fórum Mudanças Climáticas e Justiça Socioambiental (FMCJS) e entidades parceiras. O texto é um alerta para que a sociedade leve a sério as mudanças climáticas que estão ocorrendo no Brasil nesse momento, uma das principais preocupações que move a ação do FMCJS.

Coalizão Direitos Valem Mais entra com pedido de impeachment de Paulo Guedes no Supremo Tribunal Federal

Articulação que reúne mais de 200 entidades e redes acusa ministro de crime de responsabilidade ao não prever no orçamento de 2021 despesas para o enfrentamento da Covid-19, ao suspender o auxílio emergencial no acirramento da pandemia e ao fomentar a pobreza no país. A Coalizão Direitos Valem Mais ingressou nesta quinta-feira (7) no Supremo Tribunal Federal […]

Rede Jubileu Sul lança publicação e propõe reflexão ampla e crítica sobre religião e política

O lançamento do caderno “Religião e Política: vamos falar sobre isso?” aconteceu na segunda-feira (27) em transmissão ao vivo para os canais no Youtube e Facebook da Rede Jubileu Sul e de organizações parceiras. Participaram da conversa a teóloga feminista Nancy Cardoso, a autoridade civilizatória da tradição de matriz africana e afrodiaspórica do Batuque do Rio Grande do Sul, Ìyá Sandrali de Òsún e o teólogo, professor, ator, escritor e poeta, Henrique Vieira.

Rede Jubileu Sul Brasil realiza segunda formação em comunicação para mulheres

Esse novo cenário em que cada vez mais as redes sociais são utilizadas para o consumo de informações, lazer, negócios, denúncias, ativismo social e político gera a necessidade de entender esse ambiente e a oportunidade para uma apropriação e uso dessas plataformas e ferramentas. Com o objetivo de favorecer a capacitação para a produção de conteúdos nos meios digitais, a Rede Jubileu Sul Brasil abre hoje (10) as inscrições para a Formação em Comunicação para Mulheres.
Os encontros foram organizados pela equipe do Jubileu Sul Brasil, com assessoria da jornalista Luciana Araújo, militante do Movimento Negro Unificado (MNU) e da Marcha das Mulheres Negras de São Paulo e do PSOL que também vai conduzir a formação.

Com manifestações da ONU e OEA contra marco temporal, povos indígenas ganham reforços internacionais de peso

A luta dos povos indígenas do Brasil pelo respeito às suas vidas e territórios tem ganhado adesões internacionais relevantes a cada dia. A Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib) entende a importância de buscar a atenção do mundo e ocupar todas as instâncias possíveis para garantir o respeito aos seus direitos, principalmente em uma conjuntura interna em que as instituições brasileiras, que deveriam zelar pelo bem estar e plena cidadania indígena, convertem-se em pólos de ameaça.

Com seis mil pessoas em Brasília, povos indígenas realizam maior mobilização pós Constituinte

Mobilizados no acampamento “Luta pela Vida”, previsto para durar 7 dias, de 22 a 28 de agosto deste ano, a pauta principal está relacionada com o julgamento no Supremo Tribunal Federal (STF), que é considerado pelo movimento indígena o processo mais importante do século sobre a vida dos povos indígenas, previsto para iniciar nesta quarta-feira, (25). Além disso, os povos também denunciam os projetos anti-indígenas em trâmite no Congresso Nacional e o agravamento das violências contra os povos originários dentro e fora dos territórios tradicionais.

7 questões para entender a dívida pública e somar-se à campanha “A vida acima da dívida”

Vez ou outra, vemos e ouvimos notícias sobre a dívida pública e o crescimento dos juros a serem pagos. Esses conteúdos aparecem frequentemente com termos técnicos e uma linguagem distante de boa parte da população. O resultado? Algo que tem importância na vida de toda a sociedade é, em grande medida, tratado apenas por economistas, […]