Vazamento de combustível no rio Negro impacta ribeirinhos em Manaus

Por Vandré Fonseca, da Amazônia Real O motivo da falta de peixes é que no último dia 27 de agosto, 1.800 litros de óleo combustível, que tem alta concentração de enxofre, vazaram de um rebocador que naufragou no Porto da Ceasa. A embarcação pertence à empresa J F de Oliveira Navegação, que faz parte do Grupo Chibatão, responsável pelo principal porto privado […]