Grito dos/as Excluídos/as denuncia violências e desigualdades e anuncia esperança e alternativas

Num país em que quase 120 mil mortes causadas por uma única doença, em poucos meses, não são suficientes para sensibilizar os órgãos de Estado a promoverem políticas que garatam direitos, a afirmação “Vida em primeiro lugar” é um grito necessário para reivindicar a necessidade de proteção à vida como prioridade absoluta. É nesse contexto […]