A pandemia de COVID 19 agrava as dívidas sociais e evidencia a falta de proteção do Estado à população pobre, afirma Magnólia Said, membro da Rede Jubileu Sul Brasil. Ela ainda avalia que as ações de solidariedade permitirão retomar os processos organizativos da população.

A pandemia de COVID-19 agrava as dívidas sociais e evidencia a falta de proteção do Estado à população pobre

Afirmação é da advogada Magnólia Said, membro da Rede Jubileu Sul Brasil. Em entrevista ela defende que o governo garanta renda às famílias e avalia que as ações de solidariedade vão permitir a retomada dos processos organizativos junto à população Advogada agrarista e feminista, Magnólia Said é membro da Rede Jubileu Sul Brasil. Com especialização […]