Live comemorativa: 130 anos da carta Rerum Novarum, sobre a situação da classe trabalhadora

No próximo dia 25 de maio, às 19h30 (horário de Brasília), será realizado o Ao Vivo, um diálogo, sobre a Carta Encíclica Rerum Novarum, (das Coisas Novas). Sobre a Condição de Vida dos Operários.

A proposta do debate é da Comissão Episcopal Pastoral para a Ação Sociotransformadora da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e mobilizada pela 6ª Semana Social Brasileira, em parceria com a Pastoral Operária e Rede Jubileu Sul Brasil.

Colaboram na reflexão, Alessandra Miranda, Secretária Executiva da 6ª Semana Social Brasileira; Dom José Ionilton Lisboa de Oliveira, bispo da Prelazia de Itacoatiara (AM), membro da Comissão Sociotransformadora da CNBB e Padre Alfredo J. Gonçalves, vice-presidente do Serviço Pastoral dos Migrantes.

Neste ano, celebram-se os 130 anos da Carta Encíclica. É a primeira Encíclica pontifícia que aborda a questão das desigualdades sociais provocadas pela opção política de privilegiar um sistema econômico que beneficia o setor financeiro e despreza qualquer compromisso ético com as populações empobrecidas e com a classe trabalhadora. O texto apresenta as preocupações do pontífice com a classe trabalhadora da época e a relação com a classe empregadora.

Este documento promoveu importante incidência para a evolução de toda a legislação social e trabalhista no mundo. Foi publicado no dia 15 de maio de 1891 pelo papa Leão XIII.

O debate será transmitido pelos canais da 6ª SSB, Rede Jubileu Sul Brasil e entidades parceiras.

YouTube: https://bit.ly/379zEFY (Jubileu Sul Brasil)

Facebook: https://bit.ly/3aPuekp (Jubileu Sul Brasil)

YouTube: https://bit.ly/2Qt8wvQ (6ª SSB)

Facebook: https://bit.ly/3w9zpUI (6ª SSB)

Outras informações

Osnilda Lima – Comunicação 6ª SSB

comunicacaossb@cnbb.org.br

A seguir

Enfrentar ideia de que desertificação é algo ‘natural’ é fundamental para garantia da biodiversidade e da justiça socioambiental

Enfrentar ideia de que desertificação é algo ‘natural’ é fundamental para garantia da biodiversidade e da justiça socioambiental