Funcionários do MT realizam ato democrático contra a extinção da Pasta

Por Comunicação da Superintendência Regional do Trabalho

Hoje, 14 de novembro de 2018, iremos nos reunir em um ATO DEMOCRÁTICO contra a extinção do Ministério do Trabalho.

Será um movimento Nacional, onde pedimos a colaboração de todos os servidores, estagiários, colaboradores, familiares e trabalhadores de todo o Brasil que, assim como nós, entendem a importância do Ministério do Trabalho na defesa dos direitos e dos trabalhadores brasileiros.

O ato deve acontecer ao meio dia e até as 13hs, devendo os servidores se conduzirem à entrada principal da estrutura do Ministério onde trabalham. Cada um é livre, evidentemente, para se expressar da maneira que entender devida, para que todo o Brasil, no mesmo momento, se manifeste a favor da importância da manutenção do Ministério do Trabalho. É importante que os atos praticados não apresentem qualquer conotação política/partidária.

O Ministério do Trabalho é fundamental para os trabalhadores e para as empresas, fixando diretrizes, fiscalizando o cumprimento das normas e buscando formas de manter o equilíbrio nas relações trabalhistas, promovendo a melhoria dos ambientes de trabalho, prevenindo adoecimentos e acidentes , incluindo no mercado de trabalho pessoas com deficiência e jovens aprendizes, recuperação de débitos do FGTS, enfim prestando um sem número de serviços à sociedade, inclusive no auxílio ao trabalhador desempregado e trabalhador estrangeiro, bem como no incentivo à economia solidária. Se você compreende a importância deste Órgão, junte-se a nós!

Será um ato democrático sem referência a ideologias políticas, visando apenas sensibilizar o próximo Presidente sobre a importância de manter o Ministério do Trabalho tendo em vista os serviços que são prestados aos trabalhadores de todo o país e aos empregadores e tudo mais que tem sido por ele desempenhado ao longo de seus quase 88 anos de existência.

Comunicação da Superintendência Regional do Trabalho

A seguir

Imigrantes que não conseguem agendar atendimento no site da PF devem imprimir tentativas para evitar multas e punições

Imigrantes que não conseguem agendar atendimento no site da PF devem imprimir tentativas para evitar multas e punições