Socorro, não estou sentindo nada…, por Sandra Quintela

Socorro! Isso que tenho vontade de gritar. Manaus sem oxigênio. Sem ar. Aquilo que, desde a infância, aprendemos que nos mantém vivos. E parece ser assim como andamos no Brasil. “Socorro, não estou sentindo nada…”, canta Arnaldo Antunes, gritamos todos e todas. Cenário desolador. Temos um perverso genocida como presidente da República. Como escreveu o […]