Justiça autoriza despejo da Comunidade Terra Boa, em São José dos Campos

A Ocupação Terra Boa, localizada no Bairro Alto de Santana, na Rua José Borges Sobrinho, altura do número 155, em São José dos Campos está em vias de ser despejada. Trata-se de uma comunidade com mais de 70 famílias, cerca de 300 pessoas, em área abandonada pela Prefeitura Municipal, com crianças, idosos, adolescentes, animais domésticos e de criação para alimentação e geração de renda.

Essa comunidade está em vias de ser despejada, graças a ação de despejo solicitada pela Prefeitura via Ministério Público (Processo número: 1011202-45.2018.8.26. 0577). Organizada, a comunidade se manifesta contrária ao despejo. “A nossa ocupação tem nome: Terra Boa. Escolhemos esse nome porque essa Terra é Boa para se cumprir o direito à moradia. É boa pra se cumprir a função social desta terra que é comprada com o dinheiro de quem já está vivendo aqui” manifestou-se em nota a Comunidade.

A Terra Boa exige a concessão pública do territótrio. “Não somos loteadores, não somos especuladores imobiliários,muito menos construtores de grades vias. Não precisamos mais de emprestimos do BiD – Banco Interamericano de Desenvolvimento,igual o que já foi feito para retirar o Povo do Banhado e tantas outras famílias sequeladas em reassentamento forçados, onde pela distância do centro urbano têm crianças e adolescentes que não conhecem o centro da cidade.”, destacou a Comunidade.

A seguir

Nota da Auditoria Cidadã da Dívida sobre a paralisação dos caminhoneiros

Nota da Auditoria Cidadã da Dívida sobre a paralisação dos caminhoneiros