Jubileu Sul realiza curso de formação voltado ao fortalecimento do campo administrativo das entidades membro

O curso “Treinamento em Técnicas de Gestão” teve participantes de toda América Latina e Caribe, buscando  dar ferramentas para o avanço da luta política nos territórios

Ao todo foram mais de 40 horas de carga horária, além da apresentação em aulas virtuais ao vivo, dividido em 4 módulos: Autoavaliação, Administração e Processos Contábeis, Processos Comunicativos e a Gestão do Conhecimentos as organizações membro da Rede foram desafiadas a repensar os seus processos administrativos em conjunto, na busca por melhorias.

As aulas focaram nos processos que as lideranças regionais podiam desenvolver em busca de fortificar as lutas políticas em cada uma das sub-regiões da América Latina, Mesoamérica, Cone Sul, Caribe e Andina.

Para os organizadores fortalecerem essas lideranças passa primeiro pela auto crítica das práticas realizadas em cada um dos setores administrativos. Dessa forma, as propostas de fortalecimento não tratam somente da parte política e comunicacional, mas também do estabelecimento de técnicas administrativas que contribuam para a arrecadação de recursos com a finalidade de que seja possível o cumprimento do plano estratégico em cada um desses territórios.

Foi essa a principal característica apontada por Sandra Veronica Espinoza Vallejos, assistente de projetos do Jubileu Sul/Américas e facilitadora dos encontros virtuais, que ocorreram entre 21 de setembro e 27 de outubro. “Isso fortalece capacidades nas diferentes fases administrativas e contábeis – os processos técnicos dos projetos financiados ou cofinanciados pela cooperação internacional, os processos de comunicação interna e externa das organizações, gerando assim uma maior eficácia das iniciativas contra o endividamento dos países do sul global”. Sandra vê esse aprendizado cada vez mais importante, em vista dos crescentes ataques às populações mais vulneráveis da região sul do globo tem sofrido.

As instituições participantes do curso “Treinamento em Técnicas de Gestão” receberão um certificado em nome da própria escola de formação e desenvolvimento da Rede Jubileu Sul/Américas –  a Semillas Rebeldes (Sementes Rebeldes). Sandra Vallejos ressaltou que o estabelecimento dessa escola faz parte do projeto da Rede que busca fortalecer o desenvolvimento cooperativo das organizações membro. “A Rede Jubileu Sul/Américas definiu como uma de suas estratégias de ação o desenvolvimento de uma escola de formação. A Asociación para el Desarrollo Intipachamama, como responsável pela Secretaria Regional do Jubileu Sul, assumiu a tarefa, em conjunto com outras organizações membro, de lançar essa experiência”, conta.

O consenso foi que a iniciativa atingiu seus objetivos principalmente por possibilitar essa troca de experiência mais próxima entre os grupos participantes. Como porta voz dos facilitadores, Sandra Vallejos fez questão de ressaltar que só pela colaboração conjunta entre os participantes o objetivo já tinha sido atingido e que, além disso, o material distribuído entre os alunos enriquecerá mais ainda o planejamento – interno e externo – dessas organizações. “Em breve poderemos avaliar o quanto fortaleceu as organizações participantes em suas próprias atividades. O fortalecimento como rede e a forma como as organizações se integram e respondem ao chamado de Jubileu Sul também tem sido muito importante”, finaliza.

A seguir

Rede Emancipa amplia ações em defesa dos direitos de imigrantes em Porto Alegre

Rede Emancipa amplia ações em defesa dos direitos de imigrantes em Porto Alegre