Golpe no Peru repete modelo de derrubada da democracia na região. Por uma Constituinte soberana, todo apoio ao povo peruano!

Protesto popular em Lima, capital peruana.
Foto: Samantha Hare/Flickr/CC

A Rede Jubileu Sul Brasil expressa sua solidariedade ao povo peruano que enfrenta um golpe à democracia com a destituição do presidente Martín Vizcarra, e rechaça a violência contra os protestos legítimos da população, repressão que já causou vítimas fatais, com manifestantes assassinados por arma de fogo.

Alvo de denúncias por suposto envolvimento em corrupção, Vizcarra sofreu impeachment no último dia 9 pelo Congresso peruano sob alegação de “incapacidade moral”, sendo retirado do cargo sem investigações conclusivas e enquanto ainda tramita processo judicial no Tribunal Constitucional do país.

Diante da pressão popular e da violência do Estado que tem marcado os protestos no Peru, apenas seis dias depois de assumir como presidente interino Manuel Merino renunciou, enquanto a crise política e institucional se aprofunda.

O impeachment no Peru tem os mesmos moldes de outros ocorridos em países da região, um modelo de golpe por meio de instrumentos institucionais, como em Honduras em 2009, no Paraguai em 2012, no Brasil em 2016 e na Bolívia em 2019.

Em todos estes casos, o parlamento repetiu a estratégia de utilizar instrumentos legais para destituir presidentes que foram eleitos democraticamente pelo voto popular e que, independentemente de suas orientações políticas, não estão seguindo a cartilha das elites e do neoliberalismo, que não estão servindo aos interesses do capital.

O povo peruano está esgotado das consequências de décadas de ditadura e de neoliberalismo, do modelo de extrativismo, de agronegócio e de endividamento imposto pelo Fundo Monetário Internacional e pelo Banco Mundial.

Também está farto de corrupção, de militarização, de desrespeito aos direitos humanos, criminalização dos protestos e movimentos populares, do agravamento das desigualdades que cresce ainda mais com a crise sociossanitária. Por isso, o povo do Peru clama por mudança urgente da Constituição herdada do ditador Alberto Fujimori e pela recuperação da soberania.

Não ao golpe e ao modelo de endividamento do FMI e do Banco Mundial!
Por uma Constituinte soberana!
Pela vida acima da dívida!

São Paulo, 16 de novembro de 2020

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

A seguir

Ampliando e compartilhando conhecimentos, mulheres encerram ciclo de oficinas de comunicação do Jubileu Sul Brasil

Ampliando e compartilhando conhecimentos, mulheres encerram ciclo de oficinas de comunicação do Jubileu Sul Brasil