Comemoração e Memória: 8º do Grito dos/as Excluídos/as

A bandeira do Brasil está no centro sendo disputada. Ela é puxada para um lado por mãos de pessoas que representam o povo e de outro por uma pasta de negócios segurada por um executivo. Na parte de cima da imagem, uma colagem de palavras forma a frase: "20 anos Plebiscito da Dívida Externa"

Em meio à realização do Plebiscito Popular da ALCA foi realizada a 8ª edição do Grito dos/as Excluídos/as, em 7 de setembro de 2002. Com o lema “Soberania Não se Negocia”, o movimento denunciou a imposição do capitalismo dos Estados Unidos nos países da América Latina ✊.

As manifestações do Grito, que ocorreram pelo Brasil naquele ano, alertavam que a Área de Livre-Comércio das Américas (ALCA), bloco econômico defendido pelo governo estadunidense, era uma forma de negociar as riquezas nacionais para os interesses dos Estados Unidos. Os integrantes dos movimentos sociais que foram às ruas naquele 7 de setembro gritaram 📣 pela defesa de uma nação livre e capaz de decidir o seu próprio futuro.

O Grito dos/as Excluídos/as e o Plebiscito da ALCA não foram os únicos eventos que marcaram o ano de 2002. Na próxima postagem vamos falar do ⚖️ Tribunal da Dívida, ocorrido em Porto Alegre (RS). Curioso/a para saber o veredito?   

Sobre a série informativa Comemoração e Memória: É uma das iniciativas de celebração dos 20 anos do Plebiscito Popular da Dívida Externa, realizado no Brasil entre os dias 2 a 7 de setembro do ano 2000. O objetivo dessa ação é falar sobre os momentos históricos que ajudaram a construir o Plebiscito e sobre as ações que surgiram depois dele. Comente e compartilhe esta postagem, para que a história das mobilizações populares reverbere e inspire ações em defesa da vida, que sempre deve estar acima de qualquer dívida. 

Uma colagem de palavras forma a frase: "20 anos Plebiscito da Dívida Externa". Ao fundo um há um girassol
A seguir

Comemoração e Memória: Tribunal Internacional da Dívida

Comemoração e Memória: Tribunal Internacional da Dívida