A dívida pública na hegemonia do capital financeiro é o tema da segunda edição do Trio de conversa

A Rede Jubileu Sul Brasil está promovendo uma série de diálogos, intitulada Trio de Conversa, para tratar da atualidade do debate sobre Dívida Pública no contexto da América Latina e Caribe.

A próxima transmissão ao vivo do Trio de Conversa acontecerá no dia 7 de julho, às 16h e terá a presença doutora em economia política internacional, professora da Universidade Federal do Rio de Janeiro, membro da direção da SEPLA e pesquisadora do CLACS, Marina Gouvêa  e a mediação de Dirlene Marques, economista, professora da Universidade Federal de Minas Gerais, militante feminista e socialista. O debate será sobre ‘O papel da dívida pública na hegemonia do capital financeiro’.

Para a economista Sandra Quintela, articuladora nacional da Rede Jubileu Sul Brasil, o tema da dívida pública é tratado de forma marginal, mesmo estando circunscrito a alguns espaços e de seu forte impacto sobre as finanças públicas.

A dívida pública dos países da América Latina e Caribe na Atualidade

A primeira edição aconteceu no dia 23 de junho, com a participação de Helder Gomes, economista e doutor em Política Social pela Universidade Federal do Espírito Santo, tratou do papel da dívida pública na conjuntura latino-americana e caribenha.

Helder é o organizador da pesquisa – que deve ser lançada em breve pela Red Jubileo Sur Americas – Endeudamiento, Historia De Luchas y Propuestas Alternativas en Países De América Latina y el Caribe.

Durante o debate, ao tratar da investigação, Helder destacou que ela pretende trazer uma leitura dos processos de dívidas, a partir de uma olhar de que é preciso romper com o processo ilusório de retomada da soberania desses países no marco do sistema capitalista que vem sendo apresentado ao longo de décadas. Segundo o economista, uma das conclusões do estudo é que cada vez mais esses países tem perdido a capacidade de tomar decisões sobre a política econômica, sobre os parques produtivos de cada nação, isso porque essas nações se mostram enredadas na armadilha da dívida pública.

Ainda sobre as conclusões da pesquisa, o economista afirma que “O que nós buscamos com o trabalho foi primeiro um aparato teórico para sustentar nossas argumentações, mas também o processo histórico de como isso foi montado na América Latina. Entender a dívida como um dos pilares de um tripé, que foi montado no final do séc XIX, para que as forças do grande capital pudessem se organizar num processo de controle mais rígido especialmente sobre aquelas nações que estavam saindo da dependência formal, da dependência política a fim de manter o controle sobre essas nações, para que ela, mesmo se tonando independentes formalmente, continuasse transferindo riqueza líquida para o exterior”.

TRIO DE CONVERSA – O papel da dívida pública na hegemonia do capital financeiro

Dia: 07/07/2020 (terça-feira)

Horário: 16h (horário de Brasília)

Transmissão ao vivo : Facebook https://www.facebook.com/redejubileusul/ e You Tube https://www.youtube.com/user/jubileusulbrasil

Entrega de cestas no Planalto Pici
A seguir

Ação de solidariedade dá suporte a famílias que enfrentam a pandemia no Ceará

Ação de solidariedade dá suporte a famílias que enfrentam a pandemia no Ceará